Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Cartas da Guerra
Início do conteúdo da página

Cartas da Guerra

Publicado: Quarta, 06 de Junho de 2018, 16h36 | Última atualização em Quarta, 06 de Junho de 2018, 17h52
imagem sem descrição.

Cartas, telegramas, cartões postais... pensamentos - a ponte entre o aqui e o longínquo, o ontem e o hoje, o sonho e a realidade.

Portadoras de esperanças e saudade, as correspondências muitas vezes também foram mensageiras de tristezas e dor.

Diante da incerteza que a guerra é capaz de cravar, os manuscritos contribuíram para instantes de paz dos expedicionários durante a campanha contra o Nazi-fascismo nos anos de 1944 e 1945. As cartas serviram como intermediárias entre a saudade e o aconchego dos familiares e a esperança daquele até breve.

Há cartas que denotam o medo do desconhecido e a preocupação dos soldados com a tristeza de seus pais diante do contexto e do limiar entre a vida e a morte em que se encontravam.

Muitos caminhos foram traçados pela distância. Casais enamorados aguardavam ansiosamente correspondências que poderiam conter juras de amor traduzidas na esperança do retorno ou em ciúmes inspirados pela ausência.

registrado em:
Fim do conteúdo da página